Categorias:
/ (8)
Beja/ (1)
Peak Oil/ (3)
Política/ (4)
Voltar:
Paxjulia.com

Paxjulia.com

(Peak Oil) - A incógnita da utilização de energias renováveis

Tive uma discussão no blog Aventar sobre este assunto, pelo que aproveito e registo aqui as minhas conclusões.

17.06.2010 - 10:00 | Ler mais | Comentários 0

(Política) - Porque razão temos “Bilhete de Identidade” em Portugal?

Eu não tenho bilhete de identidade há vários anos e a razão de o não ter é simplesmente porque não compreendo a necessidade de ter este cartão. Por outro lado consigo vislumbrar muitos motivos pelos quais é pernicioso termos bilhetes de identidade.

É sobre esta problemática que quero falar neste artigo.

Há um bom resumo (para quem compreende inglês) de toda esta problemática dos cartões de identificação em:

http://www.no2id.net/IDSchemes/whyNot.php

15.01.2009 - 22:00 | Ler mais | Comentários 0

(Peak Oil) - Crescimento exponencial

Vi uma palestra (pela Internet) extremamente interessante, o seu titulo era "Arithmetic, population and energy" pelo Dr. Albert Bartlett, da universidade do Colorado (Boulder). A palestra tratava do problema do crescimento exponencial e da forma como este não pode continuar num mundo com recursos finitos, mostrando em termos muito simples as implicações do crescimentos exponencial que estamos a assistir nas mais diversas áreas, por exemplo crescimento económico, consumo de recursos não renováveis, etc...

27.07.2006 - 20:29 | Ler mais | Comentários 1

(Política) - Israel números para pensar

Como em quase todos os problemas políticos, na nossa presente sociedade, todos os factos estão mais ou menos disponíveis para toda a gente que quiser pesquisar um pouco. O problema do Médio Oriente não escapa a esta regra.

Infelizmente a informação que recebemos nos media é de tal forma manipulada que nem sempre é fácil, para um espectador ocasional, se aperceber da estrutura geral dos problemas e muito menos compreender as movimentações tácticas e/ou estratégicas a que assistimos todos os dias.

23.07.2006 - 12:45 | Ler mais | Comentários 0

(Peak Oil) - O pico da produção de petróleo

O que vem a ser isso de pico da produção de petróleo?

O petróleo, como qualquer outro recurso não renovável, vê o seu ritmo de produção constrangido a uma curva em forma de sino. Isto é, se considerarmos um qualquer campo petrolífero, observa-se que o ritmo de produção vai aumentar desde a sua descoberta até atingir um máximo de produção (o chamado pico) e depois de se ultrapassar esse pico o ritmo de produção vai inexoravelmente diminuir, até ao ponto em que o campo petrolífero já não rentável do ponto de vista económico, altura em que é encerrado.

Clique em "Ler mais" para ver o resto deste artigo.

07.10.2005 - 01:45 | Ler mais | Comentários 0

(Beja) - Programa polis

Para dizer a verdade esta página não é bem sobre o programa polis de Beja, julgo que já está bem ciente na mente de cada um a magnitude das tolices que foram feitas em nome do "progresso" (notem bem as aspas). Se tiverem dúvidas basta ler a opinião de muito boa gente nos jornais da terra.

Não quero falar da descaracterização dos espaços, da perda de identidade, nem do deslocado que parecem os espaços depois de "modernizados".

Também não quero sequer pensar no calor que se vai sofrer no jardim das pedras, quando o sol de verão, inclemente, e bem conhecido nestas paragens, fizer o seu melhor para transformar o antigo Jardim do Bacalhau num deserto de gente e até de animais! - Muito provavelmente as mentes brilhantes que o conceberam não irão ficar por lá quando isso acontecer...

O que eu gostava de pôr em evidência nesta página é o contraste entre o que está feito e o que já foi.

Clique em "Ler mais" para ver o resto deste artigo.

11.10.2004 - 20:52 | Ler mais | Comentários 4

(Política) - A Guerra é um negócio sujo

Smedley Butler acerca do intervencionismo

Excerto de um discurso feito em 1933, pelo Major-General Smedley Butler, USMC.

Clique em "Ler mais" para ver o resto deste artigo.

06.07.2004 - 14:44 | Ler mais | Comentários 0

(Política) - Armas de Destruição Massiça

Neste momento estamos a assistir a um esforço, por parte de certas forças que sempre defenderam o lado da guerra, para responsabilizar os serviços secretos e a incompetência destes pela campanha dos EUA no Iraque.

Sem querer tirar incompetência aos serviços secretos, quero mostrar que este esforço não passa de mais uma manobra de desinformação. Levada a cabo pelos mesmo que levaram o público de vários países a apoiar a guerra. Ocultando factos, distorcendo realidades e eliminando do jogo quem era fraco.

Clique em "Ler mais" para ver o resto deste artigo.

30.03.2004 - 00:44 | Ler mais | Comentários 0

[Voltar à Página principal]

Made with PyBlosxom